07/04/2018 - 10:46 hs

São Sebastião do Passé: história, cultura e pontos turísticos

O estado baiano além de ser um dos mais belos de todo o Brasil, abriga muitos tesouros históricos, como é o caso de São Sebastião do Passé Bahia. Veja a partir de agora nesse artigo um pouco sobre a história do lugar, cultura e alguns pontos turísticos.

Foto: Divulgação

O estado baiano além de ser um dos mais belos de todo o Brasil, abriga muitos tesouros históricos, como é o caso de São Sebastião do Passé. Veja a partir de agora nesse artigo um pouco sobre a história do lugar, cultura e alguns pontos turísticos.

História de São Sebastião do Passé ,Bahia

São Sebastião do Passé Bahia faz parte da região Metropolitana de Salvador, ela se encontra aproximadamente a 58 quilômetros da capital baiana. Até 2017 contava com cerca de 45.827 habitantes, com uma área de 538,32 km2 e 37 metros de altitude.

Com respeito ao nome da cidade existem algumas teorias, como por exemplo, alguns afirmam que se deu por conta de uma capela que foi construída por uma família e dedicada ao santo.  Mas o que é mais aceito na região é que a palavra Passé vem da existência de índios pertencentes da tribo Aruaque dos Passes.

Assim como muitas cidades no Brasil tiveram a influência da igreja católica, com São Sebastião do Passé Bahia, não foi diferente. É possível perceber isso até os dias de hoje, nas muitas capelas e igrejas espalhadas por todo o município e seus distritos.

As muitas festividades realizadas na cidade, também estão relacionadas a igreja católica, seus santos e padroeiros.

Até o ano de 1926 o município ainda era considerado um distrito de São Francisco do Conde, que inclusive, já falamos dela em outro artigo, clique aqui para ler.

São Sebastião do Passé BA, teve sua independência graças a amizade entre o governador da época, Francisco Marques Góis Calmon, e o coronel Luís Ventura Esteves.

São Sebastião possui 5 distritos, são eles:

Nazaré de Jacuípe;

Lamarão do Passé;

Maracangalha;

Banco de Areia;

São Sebastião do Passé – Sede.

Em relação à economia da cidade, o cultivo de mandioca tem destaque na produção agrícola, já na pecuária se destacam os rebanhos de bovinos, muares e equinos. A região hoteleira de São Sebastião do Passé possui 30 leitos. Até 2014 o PIB era de R$ 707. 555,00.

Lugares Para Visitar em São Sebastião do Passé 

Em São Sebastião do Passé Bahia existem algumas atrações turísticas, com grande valor histórico que sem dúvidas, valem a pena conhecer. Confira a seguir.

Assentamento 3 de Abril

Fica localizado a 14 quilômetros do centro de São Sebastião do Passé BA. Até 2012 a região contava com aproximadamente 92 famílias, mas é sabido que desde os meados do século XIX já existiam moradores ali.

Na época, um morador dali que era neto de escravos, contou que seus antepassados contaram a ele, como a vida de escravidão na senzala era difícil.

Ali também abriga ruínas de uma igreja que foi construída a mais de 200 anos. Existe uma trilha de 400 metros para chegar ao local, e está praticamente tomada pelo mato, tanto que em dias chuvosos é impossível passar.

A igreja era enorme com aproximadamente 800 metros quadrados, e é considerado um patrimônio histórico tanto do estado como de todo país.

Gruta do Assentamento Nossa Senhora Rainha dos Anjos

Conforme vimos mais acima nesse artigo, a religiosidade tem destaque em São Sebastião do Passé BA, inclusive a Nossa Senhora Rainha dos Anjos é a padroeira do assentamento. Os moradores acreditam que ela já apareceu 3 vezes, na gruta de 3 de Abril.

Aproximadamente mil fiéis visitam o local anualmente, e ali são realizadas missas.

Alguns da região acreditam que a água da gruta é milagrosa, e que existem casos reais de pessoas que foram curadas de suas doenças.

Hoje em dia, existe uma igreja da padroeira no local, e todos os meses é realizada uma missa que atrai muitos fiéis.

Maracangalha

Possui algumas atrações como, a praça Dorival Caymmi que possui formato de violão, a Capela de Nossa Senhora da Guia que teve a sua inauguração em 1963 e todos os anos em janeiro recebe muitos devotos para a missa, procissão e para a lavagem das escadarias.

É possível visitar também as ruínas de uma das principais usinas do Recôncavo baiano, a Usina Cinco Rios, que foi fundada em 1912 e funcionou por 75 anos.

O que achou da história de São Sebastião do Passé Bahia? Ficou com vontade de conhecer esses lugares? Conte aqui nos comentários, e não deixe de nos acompanhar para estar por dentro de mais conteúdo como esse. Para mais artigos sobre a região metropolitana de Salvador clique aqui.










Notícias Relacionadas