Notícias

Fechar negócios devido ao COVID-19 não é certo, diz Bolsonaro

Bolsonaro

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, reiterou na terça-feira (12 de janeiro) sua oposição ao fechamento de todos os negócios por conta da pandemia. Durante a cerimônia de comemoração de 160 anos desde a fundação da Caixa – e a introdução das cadernetas no Brasil – Bolsonaro disse que não se pode discutir saúde sem emprego, acrescentando que a vida e a economia “andam de mãos dadas”.

“Peço a Deus que ilumine governadores e prefeitos para que não fechem tudo. Vida e economia caminham juntas. Não podemos falar de saúde sem emprego ”, disse o presidente durante a cerimônia, que aconteceu no palácio presidencial do Planalto. De acordo com o relatório divulgado ontem pelo Ministério da Saúde, a contagem de casos do Brasil agora é de 8,1 milhões e o número de mortos em 203 mil.

Dirigindo-se aos jornalistas, Bolsonaro mais uma vez defendeu a liberdade de expressão nas redes sociais e disse que a liberdade de imprensa está garantida em seu governo. “Lamento, no entanto, o fechamento e a censura nas redes sociais. Eles não competem com você [imprensa]. Um estimula o outro, e a liberdade não tem preço ”, acrescentou.

Compartilhar

Últimas Notícias