Juazeirense briga, luta, corre atrás, mas é eliminada pelo Vasco

O sonho da Juazeirense como previsto, simplesmente morreu no berço. O time baiano que não venceu qualquer partida na temporada 2019, tinha a dura incumbência de vencer o Vasco da Gama que por sua vez, venceu todas as partidas oficiais neste ano em jogo realizado hoje à noite no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro.

Por Click Bahia em 07/02/2019 às 09:38:49

O sonho da Juazeirense como previsto, simplesmente morreu no berço. O time baiano que não venceu qualquer partida na temporada 2019, tinha a dura incumbência de vencer o Vasco da Gama que por sua vez, venceu todas as partidas oficiais neste ano em jogo realizado hoje à noite no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro.

A tarefa não foi executada com sucesso, aliás, como previsto, porém, time de Juazeiro não fez feio como aconteceu com os equivalentes, ALTOS e RIVER do Piauí que foram massacrados por Santos e Fluminense, respectivamente. Depois de 90 minutos de jogo e uma paralisação de cerca de 25 minutos em virtude de problemas com as torres de eliminação do estádio foi registrado o empate em 2 x 2, que poderia ser considerado um placar maravilhoso em outras em circunstância, no entanto, no cenário da Copa do Brasil significou a eliminação do time baiano que correu atrás e lutou até fim da partida.

Logo aos 12 minutos, Yan Sasse abriu o placar para o time carioca dando indícios não confirmados não seria uma barbada. No entanto, o segundo tempo, a Juazeirense sem uma segunda alternativa, já que só o triunfo interessava foi para cima, o Vasco da Gama a queda de produção e com gol de Gustavo Balotelli empatou partida logo aos 5 minutos do segundo tempo. Foi um animo para o time baiano; Logo o empate, faltou energia no estádio e quando restabelecida 25 depois a Juazeirense pulou na frente do placar com Nino Guerreio batendo e convertendo penalidade,  mas aos 45 minutos, Maxi López também de pênalti empatou e partida e deu a classificação do time carioca para desespero do torcedor da Juazeirense que passou acreditar na classificação que inicialmente parecia impossível.


Como o Vasco é melhor posicionado o ranking da CBF, avança na competição mesmo com o empate em 2 x 2 e ainda embolsa a premiação de R$ 1.050,00. Na sequência da competição, o Vasco enfrentará aquele que sobreviver do embate entre Serra do Espírito Santos e Remo do Belém do Pará, novamente em jogo único, porém, nesta etapa, o empate não classifica ninguém e sim leva decisão para os pênaltis. Agora o Vasco da Gama se dedica suas atenções para o jogo da semifinal da Taça Guanabara no próximo Domingo, enquanto a Juazeirense encara o Fluminense pela quarta rodada do Campeonato Baiano.

Vale lembrar que a segunda fase da Copa do Brasil continua também sendo em jogo único, com os mandos definidos no sorteio desta noite. Nessa etapa, empate leva a decisão para os pênaltis.

A terceira fase já será no esquema de mata-mata (ida e volta). Quando ela terminar, haverá um novo sorteio entre os 10 clubes que sobraram. Eles disputam a quarta fase, também em mata-mata.

Palmeiras, Flamengo, Internacional, Grêmio, São Paulo e Atlético-MG (que terminaram o Brasileirão no G-6), Cruzeiro (atual bicampeão da Copa do Brasil), Atlético-PR (7º colocado no Brasileirão, entra de acordo com regulamento), Sampaio Corrêa (campeão da Copa do Nordeste), Paysandu (campeão da Copa Verde) e Fortaleza (campeão da Série B) entram diretamente nas oitavas de final. ( Futebol Baiano)