Ministério Público da Bahia pede cassação do prefeito de Candeias; Saiba o motivo

Documento indica que houve o pagamento de aproximadamente R$ 49 mil, em espécie, para partidos e lideranças políticas da região

Por Click Bahia em 10/02/2019 às 20:07:12

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) pediu a cassação Dr. Pitágoras Ibiapina (PP) e Maria Márcia Gomes (PSDB), prefeito e vice-prefeita, respectivamente, de Candeias, cidade localizada na região metropolitana de Salvador. O órgão alega que houve abuso de poder político e econômico, além da compra de votos nas eleições de 2016, através da prestação de serviços médicos.

O documento de 51 páginas indica que o atual prefeito realizou o pagamento de aproximadamente R$ 49 mil, em espécie, para partidos e lideranças políticas da região, como o presidente do PRP.

O parecer será analisado pelo Juiz Eleitoral do município, Tadeu Ribeiro Vianna Bandeira.