Autor

admin

Navegação

Eles dizem que é o estado mais glamouroso do Brasil, mas na verdade a Bahia ainda é apenas uma faixa de pacatas vilas de pescadores em um litoral tão extenso que muitas praias nem estão no mapa. Aqui é onde encontrar o melhor deles – e os melhores lugares para ficar nesta costa colorida.

Fatos sobre Salvador , Bahia – Faça uma rápida leitura dos 14 fatos interessantes e divertidos sobre Salvador,a capital do estado da Bahia. Com uma população baiana de aproximadamente 15 milhões de pessoas e a própria cidade perto de 3 milhões de habitantes. 

Fatos sobre Salvador – Então, vamos dar uma olhada em alguns fatos interessantes sobre Salvador:

1. Salvador foi a primeira capital do Brasil e manteve a lareira em 1763 para o Rio de Janeiro . – Fatos sobre Salvador

2. É a capital do estado da  Bahia, a maior cidade do Nordeste e a 3ª maior cidade do país, depois de São Paulo e Rio de Janeiro com aproximadamente 3 milhões de habitantes.

3. Fundada pelos portugueses em 1549 como a primeira capital do Brasil, Salvador é uma das mais antigas cidades coloniais das Américas.

4. Uma escarpa cortante divide a cidade baixa (Cidade Baixa) de sua cidade alta (Cidade Alta) em cerca de 85 metros (279 pés).

5. O Elevador Lacerda, primeiro elevador do Brasil, se conectou distrito dois desde 1873. O Pelourinho da cidade alta, ainda o lar de muitos exemplos de arquitetura e monumentos históricos coloniais portuguesas, foi nomeado Património Mundial pela UNESCO em 1985. – Fatos sobre Salvador

6. A catedral da cidade é o primaz do Brasil e sua festa de carnaval foi considerada a maior festa do mundo.

7. Salvador foi o primeiro porto de escravos nas Américas e a influência africana dos descendentes de escravos faz dele um centro de cultura afro-brasileira (preto) com 80% da população com descendência africana.

8. Com mais de 300 igrejas católicas – digamos, 365, uma para cada dia do ano -, Salvador reúne um impressionante trabalho de arquitetura barroca. As igrejas mais famosas são Nossa Senhora da Conceição da Praia, Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Convento de São Francisco e a Catedral Basílica.

9.   Salvador forma o coração do Recôncavo, o distrito marítimo agrícola e industrial da Bahia, e continua a ser um importante porto brasileiro. – Fatos sobre Salvador

10. A  Praia do Porto da Barra, na Barra, é considerada uma das melhores praias do mundo.

11. O carnaval de Salvador é o maior do mundo e atrai cerca de 2 milhões de visitantes por ano.

12. A primeira faculdade de medicina do Brasil foi fundada em Salvador.

13.  Em 1624, Salvador foi levado pelos holandeses, que chegaram com 24 possessões e 1700 soldados. só ocupou a cidade durante um ano e foi retomada pelos portugueses um ano depois;

14. Os nativos de Salvador são conhecidos como “soteropolitano” ou “soteropolitana” para mulheres. 

 A Petrobras Distribuidora está vagas de estágio abertas para estudantes os ensinos médio, técnico e superior de diversas áreas. São oportunidades para candidatos de todo o Brasil. Os interessados devem cursar os dois últimos anos ou os quatro últimos semestres do curso, seja nível médio, técnico ou superior. Para os estudantes do ensino técnico que já concluíram o curso, é possível realizar o estágio na empresa desde que a instituição de ensino informe que o estágio é indispensável para a obtenção de certificado ou diploma. Os candidatos devem ter também idade mínima de 16 anos, mas para as áreas operacionais é necessário ter mais de 18 anos.

Os aprovados vão receber a remuneração de R$1366,70 (valor que já inclui auxílio-transporte e auxílio-refeição). Para os estudantes de ensino médio a bolsa é de R$1366,70 e de R$ 1930,70 para estudantes universitários. A jornada é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h (turno matutino) ou das 13h às 17h (turno vespertino). Poderá haver pequenas alterações nos horários do estágio, de acordo com as características regionais. A duração do programa é de 12 meses, exceto o estágio do curso de Direito, que poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Os candidatos serão convocados para entrevista, à medida em que surjam vagas. Durante a seleção, os concorrentes poderão realizar outras atividades para avaliação, como redação, tarefas no computador, entre outras. Os estudantes que não forem selecionados para a vaga disponibilizada permanecerão cadastrados até o próximo período de inscrição e poderão ser convocados em uma nova oportunidade.

Os interessados têm até 28 de dezembro para se inscreverem no site www.br.com.br/estagios. Mais informações podem ser obtidas nos telefones 4090-1337 (capitais) ou 0800-770-1337 (demais localidades).

Para se candidatar, é necessário ter inglês avançado e disponibilidade para viagens

A Ecolab, multinacional de tecnologias e serviços relacionados à água, higiene e energia, está com inscrições abertas para trainees até o dia 16 de novembro. Os interessados devem ter a formação entre dezembro de 2016 e dezembro de 2018 e podem se inscrever através do site da empresa.

As oportunidades são destinadas para formados nos cursos de Engenharia Química, Engenharia de Produção, Engenharia Ambiental, Engenharia de Minas, Engenharia Metalúrgica, Química Industrial, Administração e Ciências Econômicas.

Para se candidatar, é necessário ter inglês avançado e disponibilidade para viagens. Ter conhecimento em espanhol é um diferencial. Os selecionados irão atuar no escritório da companhia em São Paulo e nas unidades fabris de Barueri e Suzano (SP).

Até o dia 22 de dezembro, o Shopping Itaigara receberá no picadeiro do Gran Circo Noel diversos corais para embalar as festas de fim de ano e transmitir aos clientes e visitantes do centro de compras momentos de paz, união e muita alegria. As apresentações gratuitas e abertas ao público acontecem de segunda a sexta, a partir das 16h, na Praça de Eventos, desfilando um repertório recheado de clássicos natalinos. Nesta terça 13, a partir das 17h,  quem se apresenta é o Coral da Escola Adventista de Praia Grande. À música volta a reinar na sexta, 16, também às 17h, com o Coral do Colégio da Polícia Militar – Lobato finalizando a programação da semana.

 

ROTEIRO DAS APRESENTAÇÕES

13/nov

Terça-Feira

Escola Adventista de Praia Grande

17h às 18h

16/nov

Sexta-Feira

Colégio da Polícia Militar – Lobato

17h às 18h

Shopping Itaigara e Enashopp

O Shopping Itaigara é administrado pela Enashopp – empresa com expertise nacional e internacional voltada para o desenvolvimento, implantação, comercialização e administração de shopping centers e empreendimentos multifuncionais e empresariais. Com mais de 30 anos no mercado, a Enashopp desenvolveu projetos na África e em todo o Brasil. São mais de 1500 profissionais administrando um milhão de m² de área construída, com uma média de 30 milhões de pessoas/ano trafegando nos empreendimentos, 5 mil unidades gerenciadas e mais de 300 mil m² de área bruta locável (ABL). Conheça mais no www.enashopp.com.br.

Em cartaz até 5 de dezembro,a mostra exibe fotografias registradas nos cinco territórios baianos que o Programa percorreu

Depois de itinerar por um ano e meio por cinco territórios da Bahia, o Programa Design Dialógico: Uma Estratégia para a Gestão Criativa de Territórioserá encerrado com a exposição de fotos que está em cartaz na Casa de Castro Alves (Rua do Passo, 52, Santo Antônio), até o dia 5 de dezembro. A mostra, que pode ser visitada de segunda a sábado, das 14h às 18h, traz um pouco de cada projeto apoiado pelo programa nos territórios de Itaparica, Recôncavo, Baixo Sul, Litoral Sul e Chapada Diamantina, apresentando parte das exposições que estão nos espaços museológicos ou culturais criados nas localidades visitadas pelo Programa.

Assim, a exposição exibe as fotografias de Almir Bindilatti, sobre o Baixo Sul da Bahia; as fotos de Ricardo Fernandes sobre os índios Tupinambás; a exposição de Luís Pereira sobre os fundadores da Vila de Serra Grande, no Litoral Sul; a exposição de Bia Alcalde sobre a comunidade dos Quilombos Tereré e Maragogipinho, em Mar Grande; e as fotos de Inés Grimaux sobre a comunidade de Mucugê, na Chapada Diamantina.

Capitaneado pelo Instituto de Design e Inovação – INDI, presidido por Inés Grimaux, o Programa contribuiu para a implementação do Museu da Memória Viva dos Quilombos Tereré e Maragogipinho, na Ilha de Itaparica; para o Museu da Costa do Dendê de Cultura Afro Indígena, na Comunidade Caxuté, no Baixo Sul da Bahia; para a Vila Criativa de Serra Grande, no Litoral Sul da Bahia; para coleções de moda, das Rendeiras de Saubara no Recôncavo Baiano; e Sociedade Beneficente 25 de Junho, na Península Itapagipana.

Apoiado pelo Fundo de Cultura, o Design Dialógico foi pensado para dar um passo a mais na tecnologia, com a proposta de capacitar comunidades tradicionais para realizar a ação do design e contribuir para materializar empreendimentos culturais que fortalecessem a identidade e sustentabilidade em comunidades tradicionais nos cinco territóriostrabalhados. A ideia mestra foi desenvolver habilidades para qualificar os produtos locais, comunicar, estabelecer redes, parcerias e sinergias, com vistas ao fortalecimento do ecossistema criativo nestas localidades.

Criadora do Programa, a estilista Márcia Ganem define a filosofia do Design Dialógico: “Artistas que se integraram para entender e sentir pessoas e que nos reintegram, através da arte a dimensões fundamentais do humano e da natureza da qual fazemos parte, artistas que nos integram a comunidades tradicionais das quais somos constituídos, identificados em nossos ancestrais, nos colocando como elos, de uma grande corrente de valores, traduzidos em pequenos detalhes, como o reconhecimento da cura através de uma folha, na purificação através das águas, no preparo de uma comida compartilhada entre Deuses e humanos. Assimsomos povos indígenas, quilombolas, de terreiro, de matriz africana, somos pescadores, marisqueiras, praieiros, sertanejos, campeiros, catingueiros, em nós e através dos nossos antepassados. Constituídos pelo respeito à nossa ancestralidade, respeito à biodiversidade, à multiculturalidade e o respeito fundamental àqueles que nos sucederão”.

Sobre Design Dialógico

Design Dialógico é uma tecnologia social que tem por finalidade inserir a criatividade e inovação em territórios, buscando o fortalecimento da identidade. As bases da tecnologia, foram lançadas no livro Design Dialógico: Gestão Criativa, Inovação e Tradição, de autoria de Márcia Ganem, no qual os sujeitos do diálogo são designers e artesãos tradicionais e, a partir desta relação, o território é dinamizado pela produção de artefatos, espaços, festas, roteiros turísticos, gastronomia e outras sócio-materialidades pautadas na identidade local.

Serviço

O que: Exposição fotográfica Design Dialógico

Quem: Almir Bindilatti, Bia Alcalde, Inés Grimaux, Luís Pereira e Ricardo Fernandes

Onde: Casa de Castro Alves – Rua do Passo, 52 – Santo Antônio – Centro Histórico

Quando: até 3 de dezembro, com visitação de segunda a sábado, das 14h às 18h

Gratuito

Mais informaçõeswww.designdialogico.com

O cantor Gabriel Lunelli, ascensão da Nova MPB na Bahia, tem muito a comemorar. O single “Sorte”, recém-lançado para o público – e que já vinha trazendo bons índices no Spotify Brasil – acaba de ganhar uma versão remix. Quando uma canção se destaca, costuma ganhar diversas versões;no caso de “Sorte”, que já foi gravada por outros artistas, em diversas partes do mundo, agora ganhou a versão remixada com uma batida mais acelerada, efeitos adicionais e uma versão mais dançante. O trabalho do baiano já está em todas as plataformas digitais e de áudio. Para acompanhar, basta acessar –https://www.onerpm.com/al/6127166902?fbclid=IwAR3zpu0ywZT_LH1PLv1nEZxw6ZLxGeMDacUFEumxjWzdQDCsGH5pbuuP-CD, escolher a preferida e se conectar.

Resultado dos trabalhos de pesquisa e prospecção realizados pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), empresa ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), entrará em operação na Bahia, ainda este ano, a primeira mina de Nefelina Sienito da América do Sul. O empreendimento está sendo implantado no município de Itarantim, interior da Bahia, local onde foi descoberta a jazida de Nefelina Sienito, que possui reservas superiores a 50 milhões de toneladas. A Nefelina é matéria prima essencial para as indústrias de vidro e cerâmica, sendo que toda essa matéria prima utilizada atualmente no Brasil é vinda de outros países.
Segundo o Diretor Técnico da CBPM, Rafael Avena Neto, “a implantação de mais este empreendimento comprova a excelência da política de atração de investimento realizada pela CBPM nos últimos doze anos, e a vocação da Bahia no segmento mineral”. Com o início de operação da mina o Brasil passará de mero consumidor de Nefelina a exportador deste insumo.
“Esta conquista, resultado da dedicação e expertise de nossos técnicos, soma-se a outras de igual relevância para a economia de nosso estado, como por exemplo, a mina de vanádio instalada em Maracás, única da América do Sul, e com maior teor deste mineral no mundo”, declarou o presidente da CBPM, Alexandre Brust, durante assinatura do contrato de arrendamento da área, realizada na última quinta-feira (08) com a B4F Mineração Ltda., empresa genuinamente baiana que fará a exploração da jazida em Itarantim.
Com investimentos superiores a 20 milhões de reais, a mina tem capacidade inicial instalada para produção de 50 mil toneladas de Nefelina Sienito por ano, com previsão de chegar a 120 mil até o final de 2019. De acordo com o presidente do grupo B4F Mineração, Fernando Cabral, “o empreendimento atenderá a 90% do mercado cerâmico de Nefelina do Brasil, além de fornecer matéria prima para indústrias dos Estados Unidos, México e Espanha”. Antes mesmo do início da operação, o empreendimento já emprega 60 pessoas, em sua maioria moradores de Itarantim e região. Ainda de acordo com o presidente da B4F, em 2019 serão gerados mais de 100 empregos diretos e 300 indiretos.
Os trabalhos de pesquisa e investigação geológica, realizados pela CBPM, que resultaram na descoberta da jazida de Nefelina Sienito, consistiram de várias etapas, a exemplo do mapeamento geológico, da coleta e análise de amostras, obtidas a partir de sondagens rotativas e posterior estudo de caracterização tecnológica, além dos estudos de viabilidade tecnológica e econômica da jazida, o que permitiu o planejamento e posterior implantação do projeto minero industrial de acordo com as especificações exigidas pelas indústrias que farão uso desta matéria prima nas etapas de lavra e beneficiamento.

Celebrando Camaçari é um livro de literatura infantil e que pretende contar parte da história, memória e cultura do município. Escrito pelas professoras Ana Carla Gomes e Alexandra Persil, a obra é a culminância de dois anos de pesquisa sobre a história da cidade, da escuta de moradores e de professoras antigas do município. O livro também conta as experiências vividas pelas escritoras no trabalho com os desfiles cívicos do mês de setembro e dos diálogos em seus ambientes escolares.

O lançamento do Celebrando Camaçari será realizado na próxima quarta-feira, 14 de novembro, no piso L1 do Boulevard Shopping Camaçari, entre 17h e 19h. Vale lembrar que a entrada é gratuita. “O Boulevard Shopping Camaçari procura nortear as ações em prol da valorização da história e cultura da cidade. Os visitantes terão a chance de conhecer e enxergar no livro aquilo que vivencia diariamente”, comenta Diogo Viana, Superintendente do Boulevard Shopping Camaçari.

O projeto se apresenta como um painel e espaço aberto aos artistas da cena musical independente da Bahia, reunindo gastronomia e shows de diversos estilos: MPB, jazz, blues, pop e rock
Solar Music Festival ANO 4 traz a união da gastronomia com música de qualidade, às quintas e sextas, 20h30, no Restaurante Solar Rio Vermelho; e às sextas, às 18h, no Restaurante Solar Graça, no Palacete da Artes. São quatro anos de uma programação que valoriza e abre espaço para artistas, grupos e bandas que desenvolvem projetos de diversos gêneros, autorais, covers ou temáticos, que formam um painel de estilos que passeiam pela música brasileira, jazz, blues, pop e rock.
Com o cardápio da chef Andréa Nascimento, o Solar tem sua marca reconhecida pela qualidade no atendimento e foi eleito pela Revista Veja Comer e Beber Salvador por 08 anos consecutivos como um dos destaques gastronômicos de Salvador além de ser destaque no Guia 4 Rodas e no Bahia International Guide. No menu, criações exclusivas e deliciosas, como petiscos, frutos do mar, risotos, pastas, filés, saladas e crepes – além de sanduíches e deliciosas sobremesas. Como o cardápio é servido o dia todo, o Solar é o lugar ideal para toda ocasião: almoço, almoço tardio, happy hour, jantar e encontros pré-balada.
O Solar Rio Vermelho conta com parceria com o Estacionamento do Hotel Mercure, onde o cliente paga valor diferenciado pela hora estacionada.
Programação da semana – Restaurante Solar Rio Vermelho
Duo Rock n’ Rumba / Solar Music Festival ANO 4
Criada em 2008, com uma formação instrumental de guitarras, baixo e bateria, a banda Rock n’ Rumba se apresenta, atualmente, tanto como dueto de violões quanto com a banda completa. Em sua versão compacta, a dupla de músicos e vocalistas (o baiano Marcos Arcuri e o equatoriano John Gallegos) imprime novas roupagens em canções pop e dançantes, mudando por vezes o ritmo e acrescentando o seu molho latino, arranjos vocais e playbacks, que ora se aproximam do registro original, ora ganham interpretações muito próprias do grupo. No repertório, a rumba flamenca do lendário Gipsy Kings, o pop latino de Santana, Maná, Maluma, Ricky Martin, Luis Fonsi e uma série de outros artistas da música mundial. Há 10 anos na estrada, a Rock n’ Rumba vem se apresentando em diversas casas de show da capital e do Interior da Bahia.
Duo Rock n’ Rumba/ Solar Music Festival ANO 4
Onde: Restaurante Solar Rio Vermelho – Rua Fonte do Boi, 24 – Rio
Vermelho
Quando: 15/11 (quinta-feira)
Horário: 20h30
Couvert artístico: R$ 15,00
Informações e reservas: (71) 3012-9360 – Solar Rio Vermelho
Mariella Santiago – show Nouvelle Vague/Solar Music Festival ANO 4
Mariella Santiago apresenta seu novo show Nouvelle Vague no Solar Gastronomia Rio Vermelho. No repertório canções brasileiras e bossas que ganharam versões em inglês e francês, como “Águas de março” e “Eu sei que vou te amar” – ambas de Tom Jobim. Na vertente musical norte-mericana, faixas do LP “O som brasileiro de Sarah Vaughan” (1978), no qual a diva une o jazz à sofisticação da MPB. “A ideia do projeto veio dos admiradores da minha fase jazz. Sempre encontro pessoas que me pedem pra incluir jazz e bossas no repertório”, ressalta Mariella Santiago. Nas apresentações a cantora será acompanhada por Ângelo Santiago (contrabaixo acústico) e pelo guitarrista Tito Cerejo.
Nascida em Salvador, na Bahia pós tropicalista dos anos 1970, a cantora e compositora Mariella Santiago tem um estilo próprio. Na sua voz, a musicalidade afro-brasileira encontra o Jazz e o R&B de forma original, influências também presentes em seu trabalho de compositora. Nos últimos 15 anos, tem se apresentado em projetos e festivais pelo Brasil e Europa, principalmente na França, Espanha e Alemanha. Na Bahia, seu trabalho é referência de inovação. Experimental por natureza, sua musicalidade se estende para além da carreira solo, em parcerias com diversos artistas, registradas em mais de 15 CD’s, lançados no Brasil e no exterior. Atualmente a artista também realiza shows com o repertório do DVD “Ella é do Brasil”, projeto vencedor do Edital Natura Musical.
Mariella Santiago – show Nouvelle Vague/Solar Music Festival ANO 4
Data: 16/11 (sexta-feira)
Horário: 20h30
Couvert: R$ 15,00
Local: Solar Gastronomia Rio Vermelho
End: Rua Fonte do Boi, 24 – Rio Vermelho – Salvador – Bahia
Informações e reservas: (71) 3012 9360 – Solar Rio Vermelho
O site da artista reúne uma série de fotos, notícias, vídeos, agenda e músicas para escuta: mariellasantiago.com
Julio Caldas Experience – uma homenagem à Jimi Hendrix/Solar Music Festival ANO 4
Guitarrista Julio Caldas homenageia Jimi Hendrix em novo show no Solar Music Festival.

Julio Caldas Experience é o novo show do multi-instrumentista e pesquisador baiano, que presta uma homenagem a um dos melhores guitarristas de toda a história: Jimi Hendrix. Com Gil Meireles no baixo e Uirá Nogueira na bateria e Julio Caldas na guitarra e voz, a apresentação será uma grande ode ao revolucionário da guitarra. O show estreia na próxima quinta-feira (22/11), às 20h30, no Solar Gastronomia, no Rio Vermelho.
Vídeo youtube – https://www.youtube.com/watch?v=nuuB-ES_H4Y 

Julio Caldas Experience – uma homenagem à Jimi Hendrix/Solar Music Festival ANO 4
Data: 22/11 (quinta-feira)
Horário: 20h30
Couvert: R$ 15,00
Local: Solar Gastronomia Rio Vermelho
End: Rua Fonte do Boi, 24 – Rio Vermelho – Salvador – Bahia
Informações e reservas: (71) 3012 9360 – Solar Rio Vermelho
Banda Sukalize/ Solar Music Festival ANO 4
Do encontro de três colegas, num trabalho nada musical, se descobriu uma paixão em comum e daí nasceu a banda Sukalize, com formação musical composta por pessoas tão heterogêneas quantos seus estilos: pop, rock, mpb, reggae, soul. Suka Liz assume os vocais, Gueu Santana e Marcinho nas guitarras, Calango no baixo e Arnaldo Júnior na bateria. No repertório, músicas de Amy Winehouse, Red Hot Chili Peppers, Rita Lee, Beatles, entre outros clássicos.
Banda Sukalize/Solar Music Festival ANO 4
Onde: Restaurante Solar Rio Vermelho – Rua Fonte do Boi, 24 – Rio
Vermelho
Quando: 23/11 (sexta-feira)
Horário: 20h30
Couvert artístico: R$ 15,00
Informações e reservas: (71) 3012-9360 – Solar Rio Vermelho
Quarteto Gamboa/Solar Music Festival ANO 4
O Quarteto Gamboa é formado por um grupo de músicos consolidados em suas carreiras, que se reuniu em 2016 para criar um repertório de músicas brasileiras instrumentais e inéditas. Desde então, Léo Rocha (contrabaixo), Luã Almeida (piano), Bruno Nery (trombone) e Uirá Nogueira (bateria) se apresentam em diversos espaços da cidade e já têm planos de gravar o primeiro álbum.
Quarteto Gamboa/Solar Music Festival ANO 4
Onde: Restaurante Solar Rio Vermelho – Rua Fonte do Boi, 24 – Rio
Vermelho
Quando: 29/11 (quinta-feira)
Horário: 20h30
Couvert artístico: R$ 15,00
Informações e reservas: (71) 3012-9360 – Solar Rio Vermelho
Banda Lily Braun/Solar Music Festival ANO 4
A Lily Braun é uma banda baiana de rock brasileiro. Seu primeiro EP foi recentemente lançado de forma independente e conta com três faixas autorais e uma versão de “Nega do Cabelo Duro” (David Nasser e Rubens Soares). O disco permeia o universo de personagens socialmente invisíveis, como travestis, transexuais e prostitutas, apoiando e positivando identidades oprimidas e marginalizadas, mesclando um rock blues brasileiro com pitadas de clássico (piano) e popular (percussão). A banda é composta por Bruna Barreto nos vocais, cantora que recentemente participou do programa The Voice Brasil 2, Julia Dell’Orto na bateria, o maestro francês Olivier Lamorthe nas teclas, Bryneo Jumonji no baixo, Átila Santtana e Diego Andrade nas guitarras e Dani Mota na percussão. O nome da banda é uma homenagem a escritora feminista alemã Lily Braun, uma libertária, que acreditava no desenvolvimento da personalidade e da individualidade. Por isso, a banda Lily Braun aprecia cantar sobre todas as coisas que as pessoas consideram “tabu”, mas sem fôrma nem forma, sem rótulos, olhando tudo “de um andar mais alto”.
Banda Lily Braun/Solar Music Festival ANO 4
Onde: Restaurante Solar Rio Vermelho – Rua Fonte do Boi, 24 – Rio
Vermelho
Quando: 30/11 (sexta-feira)
Horário: 20h30
Couvert artístico: R$ 15,00
Informações e reservas: (71) 3012-9360 – Solar Rio Vermelho
Programação da semana – Restaurante Solar Graça
Kakau Araújo e Quarteto/ Solar Music Festival ANO 4
Kakau Araujo e Quarteto apresentam um jazz instrumental com composições autorais e improvisos cheios de ritmo. Este artista multitalentoso (cantor, compositor, guitarrista, arranjador e diretor musical), com mais de 30 anos de experiência, traz para o público baladas consagradas nas vozes de artistas como Rod Stewart, Frank Sinatra e Louis Armstrong. Com Isaias Rabelo no teclado, André Luba no baixo e Robson Cunha na bateria.
Kakau Araújo e Quarteto/ Solar Music Festival ANO 4
Onde: Restaurante Solar Graça – Rua da Graça, n 284 – Palacete das
Artes – Graça
Quando: 15/11 (quinta-feira)
Horário: 18h
Couvert artístico: R$ 15,00
Informações e reservas: (71) 3328-3444– Solar Graça
Bago de Jazz/ Solar Music Festival ANO 4
Prata da casa, o quarteto Bago de Jazz é formado por um grupo de músicos experientes que resolveram se juntar neste projeto por amor ao jazz, é composto por Nivaldo Cerqueira (sax), Alanh Moraes (baixo), Luciano Pinto (piano) e Marcio Wesley (bateria), que apresentam canções que marcam o universo instrumental com clássicos do jazz americano e da bossa jazz. Eles levam a sua música todas as quintas para o Solar Graça, fazendo um happy hour musical e criando um ambiente gostoso para curtir os jardins do Palacete das Artes.
Bago de Jazz/ Solar Music Festival ANO 4
Onde: Restaurante Solar Graça – Rua da Graça, n 284 – Palacete das
Artes – Graça
Quando: 22/11 (quinta-feira)
Horário: 18h
Couvert artístico: R$ 15,00
Informações e reservas: (71) 3328-3444– Solar Graça
André Luba e Quarteto/ Solar Music Festival ANO 4
Baixista e arranjador autodidata, acompanha artistas como Márcia Short, Thathi, Adelmo Casé, Raimundo Sodré, entre diversos outros artistas da música baiana. Atualmente, também se apresenta com o grupo instrumental Quarteto Poã e com o grupo Bago de Jazz.
André Luba e Quarteto/ Solar Music Festival ANO 4
Onde: Restaurante Solar Graça – Rua da Graça, n 284 – Palacete das
Artes – Graça
Quando: 29/11 (quinta-feira)
Horário: 18h
Couvert artístico: R$ 15,00
Informações e reservas: (71) 3328-3444– Solar Graça