Atacante chega ao Bahia para ocupar lugar de Edigar Junio, diz Bellitani

Após emprestar Edigar Junio ao Yokohama F. Marinos, do Japão, o Esporte Clube Bahia deixou claro que não iria priorizar a contratação de um atacante para suprir a lacuna deixada pelo camisa 11

Por Click Bahia em 07/02/2019 às 15:31:37

Após emprestar Edigar Junio ao Yokohama F. Marinos, do Japão, o Esporte Clube Bahia deixou claro que não iria priorizar a contratação de um atacante para suprir a lacuna deixada pelo camisa 11, porém, sempre frisou que ainda estava no mercado e que, se surgisse algum bom nome para agregar ao elenco, traria. Desta forma, anunciou na última quarta-feira a contratação de Arthur Caíke, ex-Chapecoense e que estava no Al-Shabab, da Árabia Saudita. Ele chega por empréstimo até julho de 2020.

Em entrevista à Rádio Metrópole, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, revelou que já vinha buscando há algum tempo um atacante de beirada e conversando com Arthur. O mandatário elogiou o jogador e diz que ele chega para substituir o papel que Edigar Junio fazia.

"Foi uma contratação boa. A gente vem buscando um jogador para substituir o papel que Edigar Junio fazia. Arthur vem com intensidade, preparo físico, mostrou capacidade de fazer gol, jogar pela beirada. A gente vem buscando há muito tempo, conversando com Arthur, eu conversei com Arthur e tivemos um desfecho positivo. Que ele seja feliz aqui", afirmou.


Revelado pelo Iraty, ainda teve passagens por Paraná, Coritiba, Londrina e Flamengo, Arthur Caíke chegou ao futebol árabe em agosto de 2018 e, até janeiro de 2019, marcou 6 gols em 15 jogos. A transferência internacional aconteceu após ser um dos principais nomes da Chapecoense por uma temporada e meia, com título catarinense e vaga à Taça Libertadores, em 2017.

Natural de Barbalha (CE), Arthur Caíke do Nascimento Cruz também se destacou no Santa Cruz, em 2016, quando eliminou o Bahia na semifinal da Copa do Nordeste e levantou o caneco regional, assim como o Pernambucano. Ele também foi um dos destaques da Série B de 2014, pelo Atlético Goianiense, terminando a competição entre os cinco maiores artilheiros do campeonato, com 12 gols.

Fonte: Futebol Baiano